Social icons

MALMERENDAS BOUTIQUE LODGING

02 março 2019

Uma estadia de sonho... Mesmo no coração da cidade. A série de artigos sobre a minha ida à Invicta não poderia ficar concluída sem antes vos mostrar o sítio incrível onde fiquei. É um espaço lindo, perto do Bolhão e a dois passos de tudo, com uma decoração maravilhosa e um serviço digno de princesa. Um destino como o Porto merece um alojamento ímpar, especial. E aqui, na Malmerendas, é exactamente isso que sentimos.





Na Rua Dr. Alves Veiga, num bonito edifício do século XIX muito bem recuperado, forrado com os típicos azulejos que traçam a malha da cidade desde sempre, ergue-se um espaço sem par, pronto para nos receber e promover uma experiência de alojamento única.

A Malmerendas Boutique Lodging, localizado mesmo no coração da cidade do Porto,  um pouco mais acima do Bolhão, assume-se como sendo uma opção singular para uma estadia inesquecível na Invicta. Alia todos os encantos de um hotel de charme com o conforto de uma habitação familiar. Cada detalhe foi pensado ao pormenor e a aliança da história do passado com a resolução do presente fazem deste um dos espaços mais bonitos que já visitei no Porto.




Naquela manhã soalheira de domingo, saí do Aeroporto Francisco Sá Carneiro com um destino apontado. Sabia de antemão que ia gostar do espaço — mas não pensei que me fosse apaixonar de forma tão intensa. De metro é num instante até à estação do Bolhão e depois é só subir um bocadinho a rua e, entrando numa perpendicular de sentido único, é só procurar do lado direito pelo edifício mais bonito. Aí, com uma porta frondosa, abre-se entrada para um espaço que respira arquitectura, arte, design e luz. Muita luz.

Entre as paredes caiadas de branco e as pedras da construção original, há todo um fluxo de apontamentos que se destacam tornando cada espaço da Malmerendas muito interessante, cheio de bom gosto e que nos deixa com vontade de nos mudarmos para lá, de malas e bagagens, no minuto a seguir.









A recepção — que não se traduz num espaço tradicional de hotel — fica logo junto à entrada, composta de um jeito informal, acolhedora e muito elegante. Sabemos que o atendimento é personalizado, somos tratados pelo primeiro nome, recebidos entre sorrisos e sentimo-nos em casa. 

malmerendas boutique

Depois somos convidados a conhecer a casa. Mostraram-me alguns quartos que estariam disponíveis na altura e explicaram-me que a Malmerendas contempla quatro suites e dois estúdios: Junior Suite, Deluxe Suite, Garden Studio, Superior King Studio, Terrace Loft e Attic LoftEnquanto que a suite junior é perfeita para estadias curtas ou escapadinhas de fim-de-semana, a suite deluxe apresenta já outras facilidades, como uma kitchenette. O studio king superior é a suite de maiores dimensões da casa, com zona de refeição independente e varandim com vista para a rua, dando para acomodar até três pessoas. Se nos focarmos nos lofts então o attic é o mais espaçoso, dando para acomodar até quatro pessoas. Situa-se no último piso da casa, bem junto à clarabóia (apesar de não haver elevador, por questões logísiticas que me parecem óbvias, as escadas de origem foram desenhadas e forma muito equilibrada e são muito confortáveis de se subir).




terrace loft

Eu tive a oportunidade de ficar hospedada em dois quartos distintos, nas duas noites que fiquei no Porto. Conheci o Terrace Loft (que é este que agora vos mostro nas imagens), que é vizinho do Attic Loft. Também fica situado no último andar da casa e, apesar de não muito grande, tem a dimensão perfeita para ser super acolhedor e aconchegante. Provido de uma kitchenette amorosa e equipada com o essencial, a casa de banho privativa está luxuosamente bem decorada, a cama é de um conforto sem igual e os apontamentos de decoração assentam na premissa que menos é mais e que o essencial são os pormenores bonitos, que se traduzem numa paleta de cores elegante e peças de design contemporâneo. O plus deste espaço é mesmo o terraço voltado para a frente principal da casa. Receber a luz boa do amanhecer na cidade do Porto é um privilégio que devia ser partilhado. A minha sugestão para quem ficar aqui hospedado? Ora, numa das manhãs da vossa estadia peçam para que vos entreguem o pequeno-almoço no quarto. É um espaço tão bonito que deveria ser aproveitado em cada segundo — além disso ficam também a saber que esse é um serviço oferecido pela Malmerendas e que, mediante solicitação na recepção, as 9h às 11h ser-vos-á entregue um cabaz de pequeno-almoço.




Por falar em pequeno-almoço: a vossa estadia contempla ainda um pequeno-almoço tradicional, servido na sala de estar comum, no piso térreo. Todos os dias, das 9h às 11h podem saborear um começar do dia fresco e muito gostoso, numa das vossas áreas favoritas na casa, que pode ser a sala de refeições junto à lareira ou numa das mesas do jardim exterior — se não optarem por o fazerem no quarto. De qualquer das formas, seja numa manhã fria de inverno, a ouvir o crepitar da lenha na lareira e saborear um chocolate quente, seja num amanhecer quente e bonito de verão, o vosso dia vai começar muito melhor. O pequeno-almoço é composto por sumos, uma selecção de pães e pastelaria local ou regional, manteiga, mel e compota, fruta fresca, chá, café, iogurte natural, cereais ou muesli. Existem ainda opções ideais para vegetarianos e para os mais pequeninos. 







Na sala comum, envidraçada e voltada para o bonito jardim que se estende nas traseiras da casa, para além do pequeno-almoço ou de simplesmente aproveitarmos para relaxar junto à lareira ou a admirar o jardim, podemos ainda aproveitar o Wine Bar, que é um conceito pensado exclusivamente para os hóspedes que prezam um bom serão, com a melhor selecção de vinhos — e Vinhos do Porto — que fazem o pair perfeito com o menu de degustação sugerido pela equipa Malmerendas. Este é um serviço que podem — e devem! — aproveitar das 15h às 22h.

  



garden studio

Este é (tem de ser) assumidamente o ex-libris do espaço. Sempre que pensar em Malmerendas é neste studio que vou pensar. Na luz incrível, na suavidade do soalho alcatifado, nos lençóis frescos e macios, no colchão super confortável, no aroma delicado do ambientador, no jogo de contrastes entre o branco e as peças retro em madeira escura. E depois vou-me lembrar, sem sombra de dúvida, daquela casa de banho [#bathroomgoals] e da forma como ela se integrava com o quarto e restantes espaços.

Numa das noites tive o privilégio de ficar hospedada na Garden Suite, que fica situada no mesmo piso que a recepção. É o studio de maiores dimensões podendo receber até quatro hóspedes. A sua área generosa recebe a zona de dormir, uma zona de lazer, com sofá-cama e televisão, a zona de kitchenette com mesa de refeição e cadeiras e (o supra-sumo) uma casa-de-banho maravilhosa, digna de revista, de nos fazer suspirar [...] voltada para o jardim. Toda a luz que ilumina o quarto chega-nos através da parede envidraçada da casa-de-banho. E isso só torna a atmosfera ainda mais especial.





A garden suite tem duas casas-e-banho, para ser sincera. Mas — também em sinceridade vos digo — a que tem vista para o jardim é o sonho de qualquer casa-de-banho. Aliás, cozinhas e casas de banho sempre foram as divisões que, do ponto de vista estrutural, tendo em conta materiais e acabamentos e do ponto de vista de utilização e decoração, sempre foram as minhas favoritas. Perco-me em espaços bonitos. Mas tenho a certeza que qualquer um se perderia num espaço destes. Tudo aqui resulta. Tudo aqui funciona. Tudo aqui é bonito. Desde o mosaico hidráulico escolhido para forrar o chão, passando pelos tons neutros que pintam as paredes terminando na banheira de imersão emoldurada pelo grande vão aberto para o jardim, que deixa entrever as verdes folhagens através da estrutura metálica que reveste a fachada.

Há anos — anos! — que não me dava ao luxo de tomar um banho de imersão. E aqui permiti-me a essa indulgência, depois de um dia de trabalho e de muitos quilómetros percorridos pelas ruas da cidade. 

Considero ter a sorte de já poder ter conhecido vários espaços de alojamento, dos mais variados tipos e garanto-vos que nunca gostei tanto de estar num sítio como aqui. Foi mágico. E penso que, de uma forma um pouco inglória, as imagens vos conseguem transmitir essa sensação. 


Quando me perguntam onde fica este espaço maravilhoso ou quando me pedem sugestões de alojamento no Porto, será inevitável que vos refira a Malmerendas Boutique Lodging. Seja para uma família com crianças, para alguns amigos que procuram ficar no coração da cidade ou para uma escapadinha romântica, este terá que ser o cenário ideal. 

Podem ver mais sobre o projecto, preços e instalações no site oficial Malmerendas mas assim em traços gerais, para que vos possa indicar algumas informações úteis, existem algumas condições quando se fazem reservas para o fim-de-semana, sendo normalmente pedido uma estadia mínima de duas noites. Os preços variam entre os 126€ e os 144€, dependendo da tipologia do quarto e do número de hóspedes, tendo sempre em atenção que o pequeno-almoço está incluído. A localização do espaço é muito boa e acaba por ser uma óptima opção para quem procura explorar a cidade a pé, sem necessitar de metro, autocarro ou carro. Existem ainda alguns serviços aos quais podem ter acesso, nomeadamente estacionamento e algumas actividades turísticas, pelo que se devem informar ou por e-mail ou junto da recepção.




Fiquem então com este deleite em forma de artigo, ilustrado com fotografias de um espaço único e muito especial, que se traduziu numa estadia inesquecível. Espero que tenham gostado e sintam-se à vontade para deixar as vossas dúvidas ou sugestões na caixa de comentários...

Publicar um comentário