Social icons

planear uma viagem...

16 dezembro 2021


... em tempo de pandemia. Ora bem, como vocês deverão saber, a última vez que viajei como turista foi para Amesterdão com a minha irmã, em novembro de 2019. Muita coisa aconteceu entretanto. Uma pandemia mundial, por exemplo. E por isso também a forma de planear as viagens teve que ser actualizada. No post de hoje venho falar-vos precisamente desse processo, de forma a que vos possa ajudar se tiverem ideias de viajar num tempo próximo. Vamos a isso?



Foquemo-nos no caso das viagens dentro da Europa, sim? Tendo em conta a minha experiência recente, parece-me mais acertado não extrapolar estas considerações a outro cenário que não o europeu. O Portal das Comunidades Portuguesas é um site muito completo e actualizado, que vos dá informações sobre qualquer destino que pretendam visitar, bem como as restrições e limitações.


Todos os dias as informações mudam relativamente a cada país. Os mapas dos sites Skyscanner e do site Sherpa também nos foram muito úteis aquando o planeamento da nossa viagem. E até ao último momento achávamos que podíamos não ir. Num dia Portugal estava na lista verde, no outro estávamos na lista vermelha, a dos países de risco. Bastava que impusessem quarentena obrigatória e já não seria possível irmos à viagem. 



certificado ou teste?

Entra agora o grande dilema. Aparentemente, há sítios em que só a vacina não basta. Portugal, enquanto destino, é um desses países. De qualquer das formas, ao viajar para qualquer cidade europeia vocês precisam de ter necessariamente ou certificado de vacinação completa, ou teste covid ou, como é o caso de Portugal, terem obrigatoriamente um teste negativo (mesmo que tenham certificado). 


Atenção — há países em que se não tiverem certificado, mesmo com teste, podem ter que fazer quarentena.


No caso da Bélgica, à data da nossa partida, Portugal estava inserido na lista vermelha. Se por acaso não tivéssemos certificado de vacinação completa, teríamos que fazer quarentena de alguns dias (não vos sei precisar quantos, porque entretanto as indicações já mudaram e agora Portugal já saiu da lista de risco). Como nós tínhamos, não estávamos sujeitos a ter que fazer quarentena nem precisámos de fazer um teste covid.


Quanto aos testes, podem fazer um PCR que é válido por 72h ou podem optar por um teste Antigénio, realizado em farmácias e em vários postos espalhados pela cidade criados especificamente para o efeito, com validade de 48h. Em Portugal os testes antigénio são gratuitos, na Bélgica o mais barato que encontrámos foi numa farmácia*, a 27€/pessoa com resultados em 1h.


*não é feito com marcação, por isso aconselhamos a fazerem o teste no dia anterior ao regresso a Portugal  (pelo menos enquanto for exigido), para garantirem um teste feito e que o vosso resultado está válido por 48h.


 

cartão de localização de passageiro

Este é outro documento obrigatório para qualquer viajante. É um formulário que têm que preencher online, preferencialmente depois do check in do vosso voo para que possam precisar o lugar em que vão viajar no avião. É um documento controlado à chegada e, em caso de ausência deste formulário preenchido, podem estar sujeitos a um coima e à recusa de entrada no país. Informem-se junto das plataformas oficiais do vosso destino. Na Bélgica este era o site para preencher e em Portugal é este.


No fundo, este formulário serve para identificar o vosso percurso nos últimos 10-14 dias e para vos contactarem, caso tenham estado perto de alguém (no avião, neste caso) que venha a acusar positivo nos dias a seguir ao voo.


restaurantes, museus & atracções

Na Bélgica, por exemplo, para nos sentarmos num café, num restaurante ou entrar num museu, era-nos pedido sempre qualquer tipo de comprovativo — ou certificado (que eles confirmam lendo o QRcode com o scanner) ou um teste negativo. Nós utilizámos sempre o certificado e foi sempre muito simples nesse sentido. 



Basicamente, são 3 os documentos fundamentais que têm que levar convosco numa viagem: passaporte ou documento de identificação, certificado de vacinação/teste covid (ou ambos), formulário localização passageiro. 


Estejam sempre informados até às vésperas da vossa partida, num dos sites que vos sugeri, confirmem com o vosso alojamento quais as condições exigidas para a vossa estadia, protejam-se e, acima de tudo, aproveitem muito!


Enviar um comentário