Social icons

vamos à bélgica?

09 dezembro 2021


E não é que fomos mesmo? Estava muito receosa e confesso que não fiz grandes planos com esta viagem até praticamente à véspera da nossa partida. Mas aqui estamos nós, a caminho de Bruxelas, provavelmente quase a chegar por esta hora... Deixei então algumas curiosidades sobre o planeamento da viagem, especialmente com todas as condicionantes da pandemia, para que possam tirar ideias!

a voar todos os dias... mas sem viajar desde 2019

Eu voo todos os dias, como sabem, mas já há mais de dois anos que não viajo como turista. E, caramba!, morria de saudades. De tudo: de pensar no destino, projectar o roteiro, planear os conjuntos de roupa, inspirar-me em dicas e partilhas de outros viajantes, poder sonhar um bocadinho com a antecipação que há antes de cada viagem, cada destino novo.

nunca fui à Bélgica — mas penso que não haverá altura mais mágica para ir do que agora na época do natal

Este foi um presente muito especial, pelo meu 30º aniversário, este ano. Quem me é próximo sabe o muito valor que dou a este tipo de presentes. São as experiências, as vivências, as memórias que podemos construir. Então esta viagem à Bélgica, oferecida no seguimento de uma chuva de estrelas (sou uma sortuda porque há sempre chuva de estrelas nos meus anos), em que o primeiro desejo que pedi foi que pudesse ir viajar este ano. Como quem recebe a lotaria, assim fui eu a abrir aquele postal tão especial. Então ando a ansiar por esta data desde Agosto.

Agora a data chegou. E não foram meses fáceis, os que passaram entretanto. O Covid parece não nos dar descanso, os esforços todos parecem por vezes infrutíferos e os planos têm vindo a ser alterados consecutivamente em virtude da pandemia que nos assombra há quase dois anos. Por isso é que não me debrucei muito sobre esta viagem; temia que ela acabasse por não acontecer e precisava de fazer uma gestão de expectativas.

Todos os dias muda alguma coisa, saem normais diferentes, apertam-se as restrições, impedem-se viagens, limita-se circulação. E eu que o diga. Trabalho como assistente de bordo e todos os dias vou para o aeroporto para descobrir alguma regra nova.

acreditam que estou nervosa?

Não sei porquê. Como vos disse, ando de avião todos os dias. Sei de cor os atalhos do aeroporto, os códigos dos voos, conheço o avião de olhos fechados, sei que formulários entregar e que consequências há se alguém não os preencher. Recebo em primeira mão as actualizações de tudo aquilo que afecta a nossa operação e, no entanto, estou nervosa. É que não sei se sei estar do outro lado da farda...

Vou partilhar depois como foi todo o processo de planeamento desta viagem em particular, mas para já, acompanhem-se pelo instagram onde irei publicar tudo sobre a nossa visita à Bélgica.

Enviar um comentário